Última hora

Última hora

Jovens egípcios fortemente mobilizados

Em leitura:

Jovens egípcios fortemente mobilizados

Tamanho do texto Aa Aa

Foi deste subúrbio do Cairo, um dos

mais pobres da capital do Egito, que Khaled Tlema saiu, com outros jovens, para protestar contra o regime de Mubarak e contribuir para a revolução de 25 de janeiro.

E foi aqui também que lançou as bases da sua candidatura às eleições parlamentares como representante da Coligação dos Jovens da Revolução.

“Os slogans da liberdade, os slogans da mudança, os slogans da justiça social – como é que podemos transformar isto num texto de constituição, em direitos que regulem a vida dos egipcíos em detalhe”.

Estas são as preocupações de Khaled que já se tornou uma figura pública e a quem na praça Tahrir muitos procuram para troca de impressões e nem sempre com opiniões concordantes.

A Coligação dos Jovens da Revolução tem como todos os outros movimentos uma tenda na praça Tahrir:

“O que se passou recentemente na praça Tharir, onde os jovens gritavam slogans para reivindicar liberdade e foram tratados com opressão, confirma que o antigo regime e a sua lógica continuam a existir”.

Ao pôr do sol, a praça continua ocupada. Os manifestantes preparam-se para passar mais uma noite de protesto, apelando ao povo egipcio para resistir contra o poder militar.