Última hora

Última hora

Breivik sofre de esquizofrenia paranoide

Em leitura:

Breivik sofre de esquizofrenia paranoide

Tamanho do texto Aa Aa

Anders Breivik, autor confesso dos ataques de julho na Noruega sofre de esquizofrenia paranoide.

A conclusão consta de um relatório psiquiátrico apresentado, esta terça-feira, no tribunal de Oslo.

O procurador Svein Holden diz que “os especialistas concluíram que Anders Breivik desenvolveu com o tempo uma esquizofrenia paranoide, uma condição mental que o transformou na pessoa que é hoje.”

“Se a conclusão final é de que Breivik está mentalmente doente, vamos pedir ao tribunal para que seja internado num hospital psiquiátrico” refere a procuradora Inga Bejer Engh.

Declarado inimputável, o militante de extrema-direita escapa à prisão, mas pode ficar internado num estabelecimento psiquiátrico para o resto da vida.

De acordo com o documento elaborado por dois psiquiatras, o norueguês de 32 anos não estava em plena posse das faculdades no momento dos ataques.

O atentado à bomba contra a sede do governo e o tiroteio na ilha de Utoeya provocaram 77 mortos.

A pena máxima prevista pela lei norueguesa para este tipo de crimes é de 21 anos.

O relatório psiquiátrico, com mais de 200 páginas, é fruto de longas conversas com Breivik e de entrevistas com familiares e amigos. O documento dedica, ainda, um espaço à infância atribulada do extremista, com uma família disfuncional e vários tipos de abuso.