Última hora

Última hora

Eleições na RDC sob o signo da violência

Em leitura:

Eleições na RDC sob o signo da violência

Tamanho do texto Aa Aa

Eleições presidenciais e legislativas na República Democratica do Congo marcadas pela violência.

Pelo menos dois polícias e um civil foram mortos e dois militares feridos em Lubumbashi, no Sudeste do país, num ataque de homens armados a uma assembleia de voto.

A violência foi registada em pelo menos quatro assembleias de voto três foram incendiadas.

Este eleitor diz que se “trata de uma fraude generalisada”.

Observador do Centro Carter Jhon Stremlau refere que tem esperança que o país saia desta situação, esperamos que o façam de forma pacífica.

Em Kinshasa, o líder da oposição Etienne Tshisekedi terá sido inicialmente impedido pela polícia de entrar na assembleia de voto.

O dirigente é o principal obstáculo à provável reeleição de Joseph Kabila para a chefia do Estado.

Apesar da gravidade, os incidentes não afectaram o a globalidade do escrutínio que levou à urnas 32 milhões de eleitores.