Última hora

Última hora

EUA: Conrad Murray condenado a quatro anos de prisão

Em leitura:

EUA: Conrad Murray condenado a quatro anos de prisão

Tamanho do texto Aa Aa

Nos Estados Unidos, Conrad Murray, o médico pessoal de Michael Jackson, considerado culpado de homicídio involuntário, foi condenado à pena máxima de quatro anos de prisão por um tribunal de Los Angeles.

“O tribunal decidiu que o tempo de prisão indicado é de quatro anos. O Dr. Murray abandonou o seu paciente, que confiava nele”, sentenciou o juiz Michael Pastor.

Vários membros da família do “rei da pop” estiveram presentes na sala de audiências do tribunal.

Os procuradores pediram ainda uma indemnização para a família Jackson.