Última hora

Última hora

Psiquiatras: "Breivik estava mentalmente doente"

Em leitura:

Psiquiatras: "Breivik estava mentalmente doente"

Tamanho do texto Aa Aa

Anders Breivik, autor confesso dos ataques mortíferos de julho na Noruega, foi considerado inimputável pelos peritos em psiquiatria.

O relatório foi, hoje, apresentado num tribunal de Oslo.

Os especialistas responsáveis pela elaboração do documento concluiram que o extremista de direita, de 32 anos, não estava em plena posse das suas faculdades.

A pena máxima prevista pela lei norueguesa para este tipo de crimes é de 21 anos.

Graças a este relatório, Breivik pode ficar internado num hospital psiquiátrico o resto da vida.

O extremista reconheceu ser o autor do atentado à bomba contra a sede do governo norueguês e do tiroteio na ilha de Utoeya.