Última hora

Última hora

Londres e Teerão cortam relações

Em leitura:

Londres e Teerão cortam relações

Tamanho do texto Aa Aa

O ataque à embaixada britânica em Teerão já tem resposta em Londres.
 
O governo anunciou o encerramento da representação diplomática iraniana em Londres e a expulsão dos funcionários nas próximas 48 horas assim como a  repatriação dos britânicos da embaixada em Teerão.
 
O ministro dos Negócios Estrangeiros, William Hague, denuncia:  “O Irão um país onde a oposição se encontra na cadeia e onde mais de 500 pessoas foram axecutadas apenas este ano e onde os protestos foram silenciados. A ideia das autoridades iranianas não era proteger a embaixada, este assalto nunca poderia ter sido realizado sem uma implicação mínima do regime. Agora exigimos o imediato encerramento  da embaixada iraniana em Londres e o seus colaboradores devem partir nas próximas 48 horas”.
 
A polícia anti-motim não interveio durante o primeiro ataque ao início da tarde de ontem deixando os manifestantes escalar o muro da embaixada e ocupar as instalações durante uma hora, substituíndo a bandeira britânica pela iraniana.
 
O ataque suscitou uma vaga de críticas internacionais, nomeadamente da parte do Conselho de Segurança da ONU.
 
A desconfiança iraniana em relação ao Reino Unido é antiga. Os iranianos nunca perdoaram o envolvimento britânico no golpe que, em 1953, derrubou o popular primeiro-ministro Mohammed Mossadegh, e o regime acusa frequentemente Londres de ingerência nos seus assuntos internos.