Última hora

Última hora

Bélgica: flamengos e valões chegam a acordo de princípio para formar governo

Em leitura:

Bélgica: flamengos e valões chegam a acordo de princípio para formar governo

Tamanho do texto Aa Aa

Elio di Rupo vai ser o próximo primeiro-ministro belga.

Os seis partidos belgas em negociações para a criação de um governo de coligação desde agosto chegaram a um acordo de princípio.

A nova equipa executiva vai ser liderada pelo socialista Elio di Rupo. A particularidade do novo primeiro-ministro é o facto de ser o primeiro francófono a liderar um governo belga nos últimos 32 anos.

O acordo entre os partidos, três flamengos e três francófonos, diz apenas respeito à constituição de um governo. Para já ainda não são conhecidos os nomes dos futuros ministros e, por conseguinte, a sua distribuição pelos diferentes ministérios.

Certo é que Bart de Wever e o seu partido separatista flamengo N-VA, vencedor das eleições de 13 de junho de 2010, não vão fazer parte do novo executivo.

A Bélgica parece assim muito próxima de virar uma página negra da sua história política. Há 535 dias que o país não tem governo, um recorde mundial, devido aos sucessivos fracassos das negociações entre flamengos e valões, devido em grande parte às reivindicações autonomistas de certos partidos flamengos.