Última hora

Em leitura:

Islamistas a caminho da vitória no Egito


Egipto

Islamistas a caminho da vitória no Egito

A Irmandade Muçulmana e a sua lista “Liberdade e Justiça” lideram a contagem de votos da primeira volta das legislativas do Egito.  O anúncio dos resultados oficiais foi adiado para o final da tarde de amanhã.
 
A imprensa egípcia sublinha que sãs os ilsâmicos e os liberais que ganham terreno face ao recuo dos partidos antigos.
 
Após dois dias de votações, a ida às urnas ficou marcada por uma participação sem precedentes na ordem dos 70%
 
Sobre a vitória da Irmandade Muçulmana este manifestante desconfia que este partido “está a ser instrumentalizado pela junta Militar”.
 
“Os primeiros sinais mostram que os islamistas entram em cena com um resultado muito forte. Mas nós queremos que eles cumpram a agenda tal como foi apresentada durante a campanha e sem qualquer modificações  que os torne mais fundamentalistas”.
 
Esta primeira volta eleitoral que rompe com a era Mubarak levou à urnas  17,5 milhões  de eleitores dos 40 milhões  recenseados.
 
Serão eleitos 168 dos 498 deputados da Assembleia do Povo.
 
O Egito tem 80 milhões de habitantes e as eleições dos deputados da Assembleia do Povo devem terminar em 11 de janeiro e a da Shura (Câmara Alta consultiva), em 11 de março.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Timoschenko ausente no recurso judicial