Última hora

Última hora

Clinton encerra visita a Myanmar sob o signo do otimismo

Em leitura:

Clinton encerra visita a Myanmar sob o signo do otimismo

Tamanho do texto Aa Aa

É com a marca do otimismo que Hillary Clinton fecha a viagem histórica à antiga Brimânia. Esta sexta-feira, a secretária de Estado norte-americana encontrou-se novamente com Aung San Suu Kyi, a prémio Nobel da Paz que esteve vários anos em prisão domicilária.

“Antes de decidirmos os próximos passos, temos de definir quais são as nossas maiores necessidades. Claro que entre as maiores necessidades deste país se contam o Estado de Direito e o fim da guerra civil. As hostilidades neste país devem acabar assim que possível” – declarou Aung San Suu Kyi.

Hillary Clinton definiu o objetivo final que o país deve traçar – “A meta é a Democracia. Desde o início que a meta tem sido sempre a mesma. No entanto sabemos que este tem sido um percurso difícil. Mas hoje vimos alguns sinais de abertura.”

Em Novembro do ano passado realizaram-se eleições em Myanmar e os militares entregaram o governo a um executivo dito civil. Hillary Clinton reuniu-se na quinta-feira com o presidente Thein Sein e evocou a possibilidade de levantar as sanções se o país prosseguir no caminho das reformas políticas.