Última hora

Última hora

Merkel: Não há soluções rápidas para a crise

Em leitura:

Merkel: Não há soluções rápidas para a crise

Tamanho do texto Aa Aa

Num discurso perante o Parlamento, a chanceler alemã Angela Merkel reiterou que a solução para a crise financeira que a Europa enfrenta não será rápida e que levará anos a ser concluída.

Merkel proferiu o discurso poucos dias antes da realização da Cimeira da União Europeia, em Bruxelas, marcada para dia 9.

“O governo sempre foi claro ao afirmar que a crise europeia não se resolve da noite para o dia. Não existem soluções desse tipo para este caso.

Não existem soluções fáceis e rápidas, e sobretudo como a de um aparente último esforço, que algumas pessoas insistem dizer antes das cimeiras.

A resolução para a crise do euro é um processo que demorará anos”, disse a chanceler alemã.

No mesmo discurso, Angela Merkel rejeitou a criação de títulos europeus de dívida pública – os eurobonds – como solução para os problemas da União Europeia.

“Quem até agora não percebeu que os eurobonds não são a forma de salvamento para a crise, não percebeu a essência da crise”; referiu.

Angela Merkel e o presidente francês, Nicolas Sarkozy, têm pressionado a Europa para que seja feita uma reorganização da legislação europeia existente como forma de evitar o colapso da zona euro.