Última hora

Última hora

Croácia: Eleições legislativas antes da adesão à UE

Em leitura:

Croácia: Eleições legislativas antes da adesão à UE

Tamanho do texto Aa Aa

Na Croácia, mais de 4,5 milhões de eleitores são hoje chamados às urnas.

Estas eleições legislativas são marcadas pela perspetiva do regresso ao poder dos sociais-democratas e de uma derrota histórica do partido conservador, envolvido em diversos escândalos de corrupção.

No poder desde a declaração da independência – apenas com um interregno de menos de quatro anos – a União Democrática Croata arrisca-se a conhecer o seu pior resultado dos últimos 22 anos.

Num previsível regresso ao poder, o Partido Social-democrata, agora liderado por Zoran Milanovic,

deverá conduzir o país na adesão à União Europeia, prevista para 1 de julho de 2013.

A assinatura formal do tratado de adesão está prevista para 9 de dezembro.

“O mais importante agora é encontrar ou ter um Governo na Croácia que saiba gerir a estabilidade financeira e económica do país”, sublinha o analista político Ivan Rimac.

Uma taxa de desemprego que ronda os 17 por cento, uma indústria pesada “reduzida a quase nada” e a crescente contestação social, são alguns dos problemas que os vencedores terão de enfrentar.