Última hora

Última hora

Eslovénia: Eleições em clima de crise

Em leitura:

Eslovénia: Eleições em clima de crise

Tamanho do texto Aa Aa

A Eslovénia vai hoje a votos.

Numa altura em que a “crise da dívida” parece estar a colocar a ex-república jugoslava na mira dos mercados financeiros, as últimas sondagens indicavam que a direita prepara-se para regressar ao poder.

O Partido Democrático Esloveno (centro-direita) do antigo primeiro-ministro Janez Jansa aparece

creditado com 32 por cento das intenções de voto, mais dez pontos que o Eslovénia Positiva do presidente da câmara de Ljubljana Zoran Jankovic, um liberal de esquerda.

Muito dependente das exportações, o país foi fortemente atingido pela crise em 2009, tendo registado uma recessão recorde de 8,1 por cento, após vários anos de crescimento sustentado.

O novo Governo, que vai deparar com problemas económicos que afetam diversos países da União, terá uma prioridade: a nova lei sobre a idade da reforma, exigida pela Comissão Europeia e pelo FMI. Atualmente a idade da reforma e de 57 anos para as mulheres e 58 para os homens.