Última hora

Última hora

Rússia: Eleições marcadas por acusações de fraude

Em leitura:

Rússia: Eleições marcadas por acusações de fraude

Tamanho do texto Aa Aa

O processo eleitoral foi ensombrado por notícias de várias alegadas fraudes, cometidas a mando de autoridades locai, para favorecer o Rússia Unida, segundo notícias de meios de comunicação social independentes, como o Gazeta.ru.

As queixas incluem a manipulação dos votos dos eleitores ausentes ou a tentativa de introdução nas urnas de boletins pré-preenchidos.

O presidente da comissão eleitoral (CE), a meio da tarde, desvalorizava as notícias.

Igor Bogdanov informou que a CE recebeu “cerca de 250 queixas, mas nenhuma revelou ser uma violação séria das leis eleitorais, a votação continua nas assembleias de voto sem problemas”.

Mas nem todos são dessa opinião. Liliya Shibanova, da organização Golos, denuncia várias fraudes. Shibanova foi momentaneamente detida no aeroporto e viu um computador ser-lhe apreendido.

“Há todo o tipo de manipulações com o voto dos eleitores ausentes… Desde pessoas que vão em autocarros votar em várias assembleias, a estudantes pressionados para usar os boletins dos eleitores ausentes”, acusa Shibanova.

O sítio intenet da Golos foi um dos vários que foram alvo de ataques informáticos, este domingo, um ataque que atingiu os sites de vários órgãos de comunicação social. O governo e o partido Rússia Unida dizem não ter nada a ver com este ataque concertado.