Última hora

Última hora

Itália: Monti apresenta plano de austeridade no parlamento

Em leitura:

Itália: Monti apresenta plano de austeridade no parlamento

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro italiano apresentou o plano de austeridade às duas câmaras do parlamento esta segunda-feira. Mario Monti defendeu o decreto-lei que tem aplicação imediata mas que deve ser aprovado no prazo de dois meses – “O rigor que impõe sacrifícios ao país representa o pressuposto essencial para a equidade e ao mesmo tempo o trampolim para o desenvolvimento. Os acontecimentos dos últimos meses mostram que os destinos do nosso país e da Europa estão estão estritamente ligados.”
 
Mario Monti anunciou publicamente as medidas de rigor no domingo, numa conferência de imprensa que ficou marcada pelas lágrimas da ministra do Trabalho e da Política Social, Elsa Fornero.
 
“O orçamento é muito austero mas pensamos que é indispensável. Contudo, pedimos que seja reequilibrado depois da aprovação, não neste orçamento mas sucessivamente, com um verdadeiro corte na despesa, em particular nos custos da política e do aparelho de Estado” – reclamou a patroa da confederação dos industriais italianos, Emma Marcegaglia.
 
Além das medidas de austeridade, o plano do governo contempla uma injeção de 10 mil milhões de euros na economia para relançar a indústria e fomentar a criação de emprego.