Última hora

Última hora

Acordo sobre mudanças climáticas é uma miragem

Em leitura:

Acordo sobre mudanças climáticas é uma miragem

Tamanho do texto Aa Aa

Um acordo sobre o aquecimento global não passa de uma miragem. Ban Ki-moon reconheceu que é impossível esperar grandes avanços na conferência climática da ONU que se realiza em Durban, na África do Sul, até sexta-feira.

“Temos de ser realistas quanto às expectativas sobre um consenso em Durban. Nós conhecemos as razões: problemas económicos graves em muitos países, diferendos políticos importantes, prioridades e estratégias contraditórias para responder às mudanças climáticas. É possível, como dizem muitos, que o objetivo de um acordo geral e vinculativo sobre as mudanças climáticas não esteja ao nosso alcance por agora” afirmou o secretário-geral das Nações Unidas na abertura da sessão ministerial.

O único instrumento jurídico ainda em vigor é o Protocolo de Quioto mas os dois principais poluidores do planeta, Estados Unidos e China, nunca o aceitaram. Pequim abriu agora a porta a um possível acordo, embora as declarações dos responsáveis chineses tenham tido leituras opostas.

Perante a indecisão dos políticos, os ativistas da Greenpeace lançaram mais uma marcha de protesto nas ruas de Durban que acabou com algumas detenções.