Última hora

Última hora

Síria diz sim ao envio de observadores mas apresenta condições

Em leitura:

Síria diz sim ao envio de observadores mas apresenta condições

Tamanho do texto Aa Aa

O regime de Bashar al-Assad faz marcha atrás e garante estar, agora, disposto a receber observadores na Síria.

A proposta já antes feita pela Liga Árabe e recusada por Damasco volta a estar em cima da mesa.

No domingo, a organização pediu, mais uma vez, à Síria para que aceite o plano árabe e a missão de observadores para pôr fim à crise que se arrasta desde março.

O ministro dos Negócios Estrangeiros mostra-se disponível para negociar, desde que sejam respeitadas algumas condições.

“Estamos prontos a assinar o protocolo. Pedimos que o documento fosse assinado em Damasco e, num sinal de boa vontade, pedimos à Liga Árabe para que suspenda a aplicação de sanções e permita que a Síria seja reintegrada na organização” afirma Jihad Makdisi, porta-voz do MNE.

Para a oposição síria o regime de Bashar Al-Assad está, apenas, a tentar ganhar tempo:

“O governo sírio está a tentar adiar a assinatura do acordo, ainda que seja para ganhar algumas horas. E isso mostra que não está determinado a pôr fim à violência” refere Louay Hussein, figura-chave da oposição.

Só ontem, em Homs, no centro do país, terão sido mortas cerca de 50 pessoas. Entre elas estão mais de três dezenas de opositores raptados por milícias fiéis ao regime.