Última hora

Última hora

Afeganistão: cerca de 80 mortos em dois dias

Em leitura:

Afeganistão: cerca de 80 mortos em dois dias

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de duas dezenas de pessoas morreram, esta quarta-feira, num ataque à bomba na província de Helmand, no sul do Afeganistão.

O engenho explosivo foi ativado à passagem de uma carrinha. Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas.

O atentado ocorre depois uma terça-feira sangrenta em várias cidades afegãs.

Só em Cabul, mais de 50 pessoas perderam a vida depois de um bombista suicida se ter feito explodir num santuário xiita.

Esta quarta-feira, muitos dos feridos receberam a visita do presidente afegão. Hamid Karzai aponta o dedo ao grupo sunita paquistanês, Lashkar-e-Jhangvi e promete pedir explicações ao governo liderado por Yousuf Raza Gilani.

O ataque em Cabul foi reivindicado através de um telefonema, alegadamente, feito por um elemento do grupo.

A minoria xiita foi, ainda, alvo de um outro ataque na cidade de Mazar-i-Sharif, no norte do Afeganistão.

Em apenas dois dias foram mortas perto de 80 pessoas. Entre as vítimas há várias mulheres e crianças.