Última hora

Última hora

Contagem decrescente para cimeira europeia

Em leitura:

Contagem decrescente para cimeira europeia

Tamanho do texto Aa Aa

A proposta de alteração do tratado europeu delineada pelo eixo franco-alemão já está nas mãos dos chefes de Estado e governo que vão participar no Conselho Europeu desta sexta-feira.

Uma cimeira europeia que estará sob pressão com a ameaça de desclassificação da divida soberana dos países da Zona Euro.

Após uma reunião com o ministro das Finanças alemão e o presidente do Banco Central Europeu em Berlim, o secretário do tesouro norte-americano Timothy Geithner anunciou apoiar o plano de Angela Merkel e Nicolas Sarkozy, mas o primeiro-ministro britânico mostra-se mais relutante. “O mais importante agora para os britânicos é resolver a crise na Zona Euro pois está a ter um efeito sério na nossa economia. Agora é óbvio que se os países da Euro Zona quiserem fazer alterações ao tratado europeu então terá que haver a salvaguarda dos interesses britânicos. E insisto que não assinarei qualquer tratado que não salvaguarde os interesses britânicos”, declarou o primeiro-ministro britânico David Cameron.

No espaço de menos de 24 horas a Standard and Poor’s lançou dois alertas financeiros. Primeiro colocou em vigilância negativa a Zona Euro; depois, mesmo após a proposta de Angela Merkel e de Nicolas Sarkozy conhecida, сolocou em revisão negativa a classificação do Fundo de Europeu de Estabilização Financeira, o principal mecanismo de ajuda às economias em apuros financeiros.