Última hora

Última hora

Reino Unido recusa perda de soberania

Em leitura:

Reino Unido recusa perda de soberania

Tamanho do texto Aa Aa

O Reino Unido impediu um acordo a 27. O primeiro-ministro conservador, pressionado pelo seu partido eurocético, recusou a proposta alemã, apoiada pela França, que vai no sentido de um aprofundamento da integração europeia e que implica uma transferência de soberania para Bruxelas.

David Cameron explicou a sua tomada de posição: “O que esteve em discussão é contrário aos interesses britânicos, daí a minha recusa. Nós nunca iremos aderir ao euro, nem nunca iremos abdicar da soberania que estes países vão abdicar para entrar numa união fiscal. Por isso, o facto de estes países avançarem para uma união fiscal num tratado separado sem distorcerem o próprio Tratado da União Europeia, uma vez que não nos podiam dar as garantias que pedimos, é talvez a melhor saída.”

A Grã-Bretanha surge agora isolada no seio dos 27, ao lado da Hungria. Alguns responsáveis britânicos temem, no entanto, que esta decisão implique uma perda de influência de Londres nas grandes decisões europeias.