Última hora

Última hora

Protestos mantêm-se no Iemen

Em leitura:

Protestos mantêm-se no Iemen

Tamanho do texto Aa Aa

A tonada de posse do novo governo do Iemen não abrandou os protestos da população.

O novo Primeiro-Ministro, Mohamed Basindwa foi nomeado por decreto do vice-presidente, Abd-Rabbu Mansour Hadi, numa tentativa de acalmar os protestos.

Mas a contestação mantém-se e é extensiva a várias cidades do país.

Nos últimos dias, só na província de Abyan, os confrontos mataram 11 manifestantes e dois polícias.

Esta quinta-feira, uma imensa multidão manifestou-se na capital, reclamando melhores condições de vida.

O novo Primeiro-Ministro é uma figura aparentemente consensual, entre os partidos da oposição.

O seu governo assumiu a incumbência de preparar eleições presidenciais, para Fevereiro.

Será um passo para afastar definitivamente da cena política o presidente, Ali Abdullah Saleh.