Última hora

Em leitura:

Protestos russos furam interdição em torno do Kremlin

mundo

Protestos russos furam interdição em torno do Kremlin

Publicidade

Foram muitos os manifestantes que não cumpriram as condições das autoridades moscovitas, que interditaram concentrações na Praça da Revolução, junto ao Kremlin.

Antes do agravamento da intervenção policial, alguns líderes da oposição, como Boris Nemtsov, foram buscar os seus apoiantes.

Questionado sobre as suas pretensões, Nemtsov declarou que exige “a abolição dos resultados eleitorais; a demissão de Churov (que preside à Comissão Eleitoral); uma investigação sobre a sua atividade, uma vez que terá roubado 13 milhões de votos; o registo dos partidos da oposição; novas eleições legislativas; e a libertação imediata de todos os presos políticos.”

Esta elencagem resume os objetivos dos milhares de manifestantes que pretendem escrever uma nova página na História russa, sem Putin.

O jornalista da euronews, Denis Loktiev, relatou isso mesmo, que os opositores não cedem na exigência de um novo escrutínio, acusando o partido Rússia Unida de tudo fazer para manter uma posição maioritária na Duma, a câmara baixa do parlamento

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte