Última hora

Última hora

Tensão política no Congo

Em leitura:

Tensão política no Congo

Tamanho do texto Aa Aa

Vivem-se horas de tensão na República Democrática do Congo, na sequência do anúncio dos resultados eleitorais que dão como certa a vitória do Joseph Kabila.

Uma vitória contestada pelo rival, Etienne Tshisekedi.

Os eleitores favoráveis ao presidente reeleito festejam nas ruas de Kinshasa, a capital.

Ao mesmo tempo, os apoiantes de Tshisekedi protestam, por meios violentos.

A polícia e o exército estão a ocupar locais estratégicos, na capital, para evitar o confronto entre as duas partes.

Para além da capital, há registo de incidentes graves nas cidades de Bumbu e Limete, onde os contestatários estão armados com metralhadores Kalachnikov.

De acordo com os resultados oficiais, Kabila terá sido reeleito com 48.95 por cento dos votos.

Em segundo lugar ficou Etienne Tshisekedi, com 32.33 por cento.

Mas Tshisekedi contesta estes números e diz-se “presidente eleito”, garantindo que vai usar todos os meios legais, para repor a verdade, nestas eleições.

Do outro lado, Joseph Kabila assume que foi ele o vencedor das presidenciais, sem responder diretamente ao rival.