Última hora

Última hora

Rússia: Governo não comenta manifestações

Em leitura:

Rússia: Governo não comenta manifestações

Tamanho do texto Aa Aa

Manhã calma em Moscovo, um dia depois de uma jornada de contestação inédita na Rússia de Putin. Os organizadores falam de uma concentração de 50 a 80 mil pessoas, enquanto as autoridades estimam que o número de manifestantes rondava os 25 mil. O protesto juntou vários grupos da oposição, com programas bastante diferentes mas com um sentimento comum: Putin tem de deixar o poder.

O governo não se pronunciou sobre os acontecimentos de sábado. O único comentário pertenceu ao dirigente do partido Rússia Unida, Andreï Issaïev, para quem o número de manifestantes não era significativo numa cidade com vários milhões de habitantes mas que os motivos do descontentamento iriam ser analisados.