Última hora

Última hora

Rússia tem "a comissão eleitoral mais transparente do mundo"

Em leitura:

Rússia tem "a comissão eleitoral mais transparente do mundo"

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição russa reclama novas eleições legislativas devido a alegadas irregularidades. A euronews obteve uma entrevista exclusiva com o presidente da Comissão Eleitoral Central da Rússia. Esta é a primeira entrevista de Vladimir Churov a um órgão de comunicação social desde o dia do sufrágio.

euronews:

Senhor presidente, no sábado decorreram manifestações por todo o país. Os participantes culparam-no pelas irregularidades nas eleições e pediram a sua demissão. Tenciona fazê-lo?

Vladimir Churov:

Não há a mínima razão para o fazer. Tanto quanto sei, foi só em Moscovo que o protesto reuniu milhares de pessoas. Temos uma democracia e a nossa liberdade é total. A minha conclusão principal é que a polícia de Moscovo trabalha bem melhor do que a de Nova Iorque. Quanto à organização das eleições, elas foram bem organizadas e o número total as infrações que registámos dizem respeito a menos de um por cento das assembleias de voto de toda a Federação Russa.

euronews:

Mas o que nos pode dizer acerca dos vídeos publicados na internet?

Vladimir Churov:

Desde que quinta-feira que estamos a estudar esse vídeos a pedido do presidente da Rússia. Estamos a estudar cada um dos vídeos. Temos mais de 70 no total. 16 já foram investigados e vamos publicar os resultados na segunda-feira. As conclusões deste inquérito serão apresentadas ao público, na Rússia e no exterior. Somos a comissão eleitoral mais transparente do mundo.