Última hora

Última hora

Abstenção em alta na Síria

Em leitura:

Abstenção em alta na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições municipais na Síria estão a ficar marcadas por uma elevada taxa de abstenção.

A oposição apelou ao boicote do escrutínio e, de acordo com as últimas informações, foram poucos os que decidiram exercer o direito de voto.

A violência não dá sinais de abrandar, nove meses depois do início da revolta popular contra o regime de Bashar Al-Assad. Alguns não arriscam, por isso, a deslocar-se até às mesas de voto, outros num novo gesto de desobediência civil, voltaram a fazer greve.

Os observadores internacionais foram impedidos de acompanhar as eleições, que ocorrem depois de mais um fim de semana sangrento.

Dezenas de manifestantes foram mortos pelas forças do regime em várias cidades do país.

De acordo com a ONU, a repressão já provocou mais de 4000 mortos.