Última hora

Última hora

Kremlin responde a protesto com manifestação em Moscovo

Em leitura:

Kremlin responde a protesto com manifestação em Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

O partido do Kremlin respondeu hoje aos protestos da oposição com uma grande manifestação junto à sede do poder em Moscovo.

A mobilização coincide com as comemorações do Dia da Constituição. Muitos dos participantes são membros de organizações juvenis pró-Kremlin e a manifestação teve também como objetivo mostrar o apoio à candidatura do primeiro-ministro Vladimir Putin para as presidenciais.

O presidente Dmitri Medvedev era, entretanto, alvo da ira de milhares de internautas que, aproveitando a liberdade de expressão do “mundo virtual”, criticaram vivamente as declarações feitas pelo chefe de Estado na página da rede social Facebook.

Medvedev rejeitou as acusações de fraude e os pedidos da oposição para invalidar o resultado das legislativas.

No sábado, cerca de 50 mil russos participaram na maior manifestação de opositores dos últimos quinze anos em Moscovo, sob o lema “Por Eleições Limpas”.

O protesto, com eco em cerca de cinquenta cidades, apelava também à libertação de todos os opositores detidos na recente vaga de contestação contra os resultados eleitorais.