Última hora

Última hora

Retirada final das tropas americanas do Iraque

Em leitura:

Retirada final das tropas americanas do Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos vão continuar a ser um forte parceiro do Iraque, depois da saída das tropas norte-americanas do país.

Foi a garantia dada por Barack Obama ao primeiro-ministro iraquiano, Nuri al Maliki. Os dois prestaram homenagem aos soldados mortos na guerra do Iraque:

“Nos próximos dias, os últimos soldados americanos vão atravessar a fronteira de saída do Iraque, com honra e com as cabeças bem erguidas. Não tenhamos dúvidas que a evolução do cenário no Iraque permitiu-nos centrar os nossos recursos para alcançar progressos no Afeganistão, no sentido de derrotar a al qaida e prepararmo-nos melhor para os desafios que temos pela frente”.

Desde que em 2003, George W. Bush ordenou a invasão do Iraque, morreram no país 4500 soldados norte-americanos.

Mas a saída das tropas americanas do Iraque levanta dúvidas sobre a capacidade do país para garantir a segurança. Os republicanos temem um vazio que possa vir a ser aproveitado pelo Irão.