Última hora

Última hora

Afinal a partícula de Deus existe?

Em leitura:

Afinal a partícula de Deus existe?

Tamanho do texto Aa Aa

O mundo está, hoje, de olhos postos no Centro Europeu de Investigação Nuclear, em Genebra.

Dentro de algumas horas, o CERN vai tornar públicos os resultados das últimas experiências para encontrar o bosão de Higgs, também conhecido por partícula de Deus.

Uma partícula postulada há mais de quatro décadas para explicar a origem da matéria.

Mas o que vai mudar?

“Os resultados não vão mudar o nosso dia-a-dia. Trata-se sobretudo de compreender a origem da massa e do universo. De compreender como são constituídas as partículas que conhecemos e de onde vêm. Talvez dentro de alguns milhares de anos consigamos encontrar uma forma para usar a partícula de Deus, mas isso não acontecerá no futuro imediato” afirma Malcolm Fairbairn do King’s College of London.

As tentativas para encontrar o chamado “santo graal da física” passam pelo maior acelerador de partículas mundial. Uma estrutura construída ao longo de um túnel subterrâneo com 27 quilómetros na fronteira entre a Suíça e a França.

Resta saber, se o maior enigma da física moderna está ou não perto de ser desvendado.