Última hora

Última hora

Grã-Bretanha terá sempre um grande papel na Europa, diz Clinton

Em leitura:

Grã-Bretanha terá sempre um grande papel na Europa, diz Clinton

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe do governo britânico recebe apoio de Washington depois das críticas dentro e fora do seu governo sobre o fracasso da Grã-Bretanha na cimeira europeia.

Na câmara dos comuns David Cameron, defendeu que tentou “genuinamente chegar a um acordo”.

O vice-primeiro-ministro Nick Clegg afirmou que receia que o país fique isolado

dentro da UE. O líder da oposição trabalhista, Ed Miliband, acusau Cameron de nem sequer conseguir convencer o seu vice-primeiro-ministro dos méritos da sua tomada de posição em Bruxelas.

Em Washington o ministro dos Negócios Estrangeiros, William Hague, defendeu que “a Europa pode criar circulos de decisão a diferentes níveis e nem todos os países têm de participar em tudo”.

Por sua vez, a Secretária de Estado norte americana acredita que esta situação não irá afectar o Reino Unio e que o país vai continuar a desempehar um papel imporante na Europa.

O acordo vindo do eixo franco-alemão, leva alguns países a renunciar a alguns elementos de sua soberania nacional para que a zona do euro funcione de maneira mais segura.