Última hora

Última hora

Pillay acusa regime sírio de crimes contra a humanidade

Em leitura:

Pillay acusa regime sírio de crimes contra a humanidade

Tamanho do texto Aa Aa

A Alta Comissária para os Direitos Humanos das Nações Unidas, Navi Pillay, acusa o regime sírio de crimes contra a humanidade.

Esta terça-feira, pelo menos 11 pessoas foram mortas por homens fiéis a Bashar al-Assad no noroeste da Síria.

O ONU estima que a repressão do regime tenha provocado, desde março, cerca de 5 mil mortos.

O embaixador britânico junto das Nações Unidas,

lembra que o número total de vítimas mortais inclui elementos do exército sírio que recusaram obedecer às ordens do regime e disparar sobre os civis. Mas deixou de fora, os soldados fiéis a Bashar al-Assad.

O número de soldados desertores aumenta de dia para dia, intensificando, a oposição armada ao regime do presidente sírio.

No terreno a situação é crítica e as poucas imagens que chegam são captadas através de vídeos amadores.