Última hora

Última hora

Repressão síra já vai em cinco mil mortos

Em leitura:

Repressão síra já vai em cinco mil mortos

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha pressiona a Rússia a China a tomarem uma atitude em relação à Síria, numa altura em que a violência continua a fazer aumentar o número de mortos.

A repressão do regime sobre os manifestantes eleva para cinco mil as vítimas mortais, segundo a ONU. O ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Guido Westerwelle, exorta a Rússia e China a mudarem de atitude.

“Eu penso que é preciso que esses países façam uso do seu voto no Conselho de Segurança e que mudem de posição em relação ao regime de Damasco. Sinto-me verdadeiramente chocado com as atrocidades praticadas pelo governo desse país que causaram mais de cinco mil mortos”.

Segundo informações da Alta Comissária para os Direitos Humanos da ONU, dadas ontem ao Conselho de Segurança, mais de 14.000 pessoas foram detidas e que 12.400 refugiaram-se nos países vizinhos.

Rússia e China vetaram uma resolução contra Síria em outubro e não se sabe se esta posição será mantida em reuniões futuras.