Última hora

Última hora

Veto de Cameron levanta críticas no PE

Em leitura:

Veto de Cameron levanta críticas no PE

Tamanho do texto Aa Aa

O governo britânico, liderado por David Cameron, está a ser alvo de uma chuva de críticas depois de se ter recusado a apoiar um novo tratado destinado a salvar o euro.

As críticas, que vêm da grande maioria dos grupos parlamentares, são contestadas pelo grupo dos Conservadores e Reformistas Europeus, que inclui os conservadores britânicos.

Diz o eurodeputado liberal Andrew Duff: “Este tratado vai estar completamente fora do quadro da União Europeia e o Reino Unido não vai ter qualquer papel a desempenhar. O que Cameron fez com este gesto foi reforçar a autoridade do eixo franco-alemão”.

A City, centro financeiro de Londres, é apontada por muitos como a origem da especulação que causou a crise económica. Foi a crítica lançada, por exemplo, pelo líder socialista Martin Schultz.

Os bancos britânicos apoiam a decisão de Cameron: “Uma taxa sobre as transações que cubra toda a União Europeia mas não o resto do mundo vai fazer com que Londres fique em grande desvantagem em relação aos outros grandes centros financeiros do mundo. Por isso, a City está contente com o que Cameron fez”, diz Derek Halpenny, do Bank of Tokyo Mitsubishi UFJ.

Os eurodeputados põem agora em causa o famoso “cheque britânico”, dado pela União depois das exigências de Margaret Thatcher nos anos 80.