Última hora

Última hora

Atirador solitário semeia o terror na Bélgica

Em leitura:

Atirador solitário semeia o terror na Bélgica

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade de Liège, na Bélgica, foi palco de um massacre que muito dificilmente vai esquecer.

Esta terça-feira, um homem começou a disparar indiscriminadamente e atirou uma granada para a principal praça da cidade. Fez pelo menos três mortos e 120 feridos. Suicidou-se de seguida.

Tudo aconteceu por volta do meio-dia. O tempo não estava muito bom, o que evitou que houvesse mais vítimas. Na praça decorre um mercado, que nesta altura do ano é também mercado de Natal.

O autor do massacre foi identificado como Nordine Amrani, de 33 anos, que tinha já sido condenado por posse ilegal de arma e cultura de canábis.

Colocou-se no telhado de uma padaria na praça e começou por atirar uma granada contra uma paragem de autocarro. Fez depois vários disparos indiscriminados com uma espingarda automática Kalashnikov. Acabou por suicidar-se com um revólver.

As três vítimas mortais são uma mulher de 75 anos e dois adolescentes de 13 e 15 anos. Os feridos foram socorridos num hospital de campanha montado na praça, onde se deslocou a meio da tarde o Rei Alberto II.