Última hora

Última hora

Primeiro-ministro norueguês comemora centenário da chegada do homem ao Pólo Sul

Em leitura:

Primeiro-ministro norueguês comemora centenário da chegada do homem ao Pólo Sul

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de cientistas, aventureiros e o próprio primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg, chegaram esta quarta-feira ao Pólo Sul, para celebrar o centenário da conquista do ponto mais austral do planeta.

Foi uma longa caminhada, como explica o lider da expedição, Jon-Gunnar Winther:

“Os primeiros 700 quilómetros foram numa plataforma de gelo flutuante. Depois subimos 3000 metros de montanha e o resto foi a planície através do Pólo Sul. Uma longa distância, extenuante, mas impressionante que nos permitiu perceber como Amundsen conseguiu cá chegar”.

Roald Amundsen, um norueguês, acompanhado de uma equipa de mais quatro exploradores, foram os primeiros homens a chegar ao Pólo Sul, a 14 de dezembro de 1911.

Um feito histórico marcado por um drama humano. A expedição era uma corrida entre Amundsen e o britânico Robert Falcon Scott ,que acabou por perder a vida nesta aventura.

Um fator importante na vitória de Amundsen foi o facto de ter levado consigo uma centena de cães com trenós, enquanto Scott preferiu trenós motorizados e póneis, que se revelaram inadaptados para a situação.