Última hora

Última hora

Eurodeputados pedem novas eleições na Rússia

Em leitura:

Eurodeputados pedem novas eleições na Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Economia e questões energéticas fazem parte dos temas obrigatórios da vigésima oitava cimeira Rússia e União Europeia, mas Medvedev não escapará à problemática das eleições do passado dia quatro.

Segundo os observadores o escrutínio não respeitou as normas eleitorais definidas pela Organização para a Segurança e Cooperação na Europa e os eurodeputados pedem que seja repetido.

Ontem o Parlamento Europeu aprovou uma resolução favorável à realização de novas eleições legislativas desta vez «livres e justas».

O representante russo em Bruxelas comenta à Euronews:

“Não vejo espaço para qualquer polémica sobre as eleições, que já passaram. Iremos discutir as questões atuais ao nível da parceria estratégica entre a Rússia e a UE. Em primeiro lugar, negociações sobre o novo acordo-quadro UE-Rússia. Em segundo lugar, o progresso no diálogo sobre isenção de vistos”.

Os eurodeputados apelam à realização de «novas eleições livres e justas» mas não pediram também que fossem acompanhadas de uma investigação imediata e exaustiva todas as «alegações de fraude, intimidação, violações registadas domingo.

Mas nem tudo vai mal entre Moscovo e a UE.

Ontem foi assinado um acordo sobre pequenos movimentos fronteiriços entre a região norte da Polónia e o enclave russo de Kalinnegrado.

Segundo alguns analistas esta é a prova do sucesso da diplomacia russa.