Última hora

Última hora

Fatah e Hamas próximos de um acordo sobre o conflito israelo-palestiniano

Em leitura:

Fatah e Hamas próximos de um acordo sobre o conflito israelo-palestiniano

Tamanho do texto Aa Aa

Estreitam-se as posições entre Hamas e Fatah para um acordo sobre uma posição comum em relação ao conflito com Israel.

Quem o diz é Mahmud Abbas, Presidente da Autoridade Palestiniana, em entrevista à euronews.

“O Hamas está de acordo connosco principalmente em relação aos seguintes pontos: qualquer acordo deve ser respeitado em Gaza e na Cisjordânia; a resistência deve ser pacífica, sem recurso às armas; outro ponto comum importante é que o fim do conflito se resuma às fronteiras de 1967 e a organização de eleições legislativas no próximo dia 05 de maio.”

Na quarta-feira, no decorrer de uma impressionante manifestação para celebrar os 24 anos da fundação do Movimento de Resistência Islâmica, o primeiro-ministro do Hamas em Gaza, Ismail Haniyeh, prometeu continuar a luta armada contra o Estado hebraico, promessa que contradiz a as declarações de Abbas.

O ministro da Segurança Interna israelita, Matan Vilnai, reagiu às declarações do Movimento de Resistência Islâmica, ao afirmar que “o Hamas e a Jihad Islâmica têm que perceber e aceitar a existência de Israel. Há que perceber que do ponto de vista deles todo o Médio Oriente pertence a uma entidade religiosa, é solo sagrado, solo sagrado muçulmano.”