Última hora

Última hora

Estado de emergência no Kazaquistão

Em leitura:

Estado de emergência no Kazaquistão

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Kazaquistão decretou o estado de emergência, depois dos incidentes dos últimos dias que provocaram, pelo menos 12 mortos, de acordo com informação oficial.

A oposição diz, no entanto, que o número de vítimas mortais é muito superior.

Na madrugada de domingo, morreu mais uma pessoa e outras 11 ficaram feridas.

Na última noite, o presidente, Noursoultan Nazarbaiev, fez uma comunicação televisiva, anunciando a instauração do estado de emergência:

SOT

“A Comissão vai tomar as medidas adequadas para acabar e punir aqueles que organizaram esta ilegalidade e vai restaurar a segurança pública, na cidade. Neste momento, a situação está sob o controle do ministro do Interior”.

A cidade de Janaozen tem sido palco de motins, desde sexta-feira que, entretanto, alastraram a outras localidades.

Em Chepti, um grupo de opositores ao regime apoderou-se de dois comboios e incendiou algumas carruagens.

Há também nota de incidentes, na cidade Aktaou.

As organizações de defesa dos direitos humanos falam de centenas de prisões.