Última hora

Última hora

Morreu o herói da "Revolução de Veludo"

Em leitura:

Morreu o herói da "Revolução de Veludo"

Tamanho do texto Aa Aa

Morreu o ex-presidente checo Vaclav Havel. O opositor do regime comunista checoslovaco, escritor e defensor dos direitos humanos sofria há anos de uma doença pulmonar. Na década de 90 tinha sido operado a um cancro.

O herói da “Revolução de Veludo” morreu, aos 75 anos, na casa de férias que tinha no norte da República Checa.

O chefe de Estado checo elogiou o antigo presidente, responsável pela transição do sistema soviético para um regime democrático e uma economia de mercado. “Vaclav Havel tornou-se um símbolo do moderno estado checo. Ele contribuiu para isso com a sua luta destemida contra o totalitarismo comunista e enquanto líder da Revolução de Veludo e primeiro presidente do nosso país independente”, disse Vaclav Klaus.

Havel foi o primeiro chefe do Estado checoslovaco democraticamente eleito depois de quatro décadas de repressão. Foi o presidente da Checoslováquia e, depois, da República Checa entre 1989 e 2003, tirando uma interrupção de vários meses entre 1992 e 1993.