Última hora

Última hora

Número de mortos ultrapassa já os 600 nas Filipinas

Em leitura:

Número de mortos ultrapassa já os 600 nas Filipinas

Tamanho do texto Aa Aa

O número de mortos nas inundações das Filipinas, por causa da passagem da tempestade “Washi”, ultrapassa já os 600.

As autoridades locais avançam ainda que mais de 800 pessoas estão desaparecidas.

Mais de 106 mil pessoas foram afetadas e cerca de 35 mil ficaram desalojadas.

O governo tem cerca de 20 mil soldados envolvidos nas operações de resgate, que integram ainda dezenas de voluntários e funcionários da Proteção Civil.

As equipas de resgate continuam concentradas no sul do país, nas cidades de Iligan e Cagayan de Oro, na Ilha de Mindanao, a região mais afetada.

Os cadáveres amontoam-se nas funerárias das duas cidades, que não conseguem fazer face a um tão elevado número de mortos. Faltam caixões e o cheiro derivado da rápida decomposição dos corpos, inunda o ambiente.

Os meios de comunicação social do país e os populares acusam os serviços de meteorologia de não terem alertado, a tempo, as populações da força e perigo da tempestade “Washi”.

Prevê-se que a tempestade “Washi” afete hoje a região de Palawan, no oeste das Filipinas, habitada por milhões de pessoas.