Última hora

Última hora

Greve nos aeroportos franceses vai continuar

Em leitura:

Greve nos aeroportos franceses vai continuar

Tamanho do texto Aa Aa

O movimento de greve que está a afetar vários aeroportos franceses vai prolongar-se esta segunda-feira.

Os agentes de segurança aeroportuária decidiram manter o protesto, depois de falharem as negociações entre sindicatos e patronato acerca das condições laborais e salariais.

Tal como durante o fim de semana, os aeroportos mais afetados deverão ser os de Toulouse, Roissy e Lyon.

A greve, em plena época natalícia, promete estragar muitas férias.

Confrontando com um dos muitos voos anulados, um francês explica que “contava há muito tempo com uma semana de descanso com os filhos”, mas começa a acreditar “que se vai evaporar”.

Um jovem diz que “como muitos outros, alugou um quarto de hotel que não será reembolsado pelas companhias aéreas. Os grevistas protestam para ganhar dinheiro, mas fazem perder dinheiro [aos passageiros] e querem que eles sejam solidários”.

O aeroporto de Lyon – o quarto maior de França e o mais afetado – sai lentamente da paralisia. Depois de nenhum voo ter descolado no sábado e manhã de domingo, ontem à tarde partiram metade dos voos. Mas, para hoje, está prevista ainda a anulação de um terço das partidas.