Última hora

Última hora

Israel liberta 550 prisioneiros palestinianos

Em leitura:

Israel liberta 550 prisioneiros palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

Quinhentos e cinquenta prisioneiros palestinianos foram libertados este domingo por Israel, na última fase de uma troca que permitiu a libertação do soldado Gilad Shalit em Outubro.

O principal contingente, composto por 550 palestinianos, chegou já de noite a Ramallah, na Cisjordânia. Os prisioneiros libertados por Israel foram recebidos por milhares de pessoas num ambiente festivo, junto à sede da Autoridade Palestiniana.

Ao mesmo tempo, outros 41 prisioneiros chegavam à Faixa de Gaza.

O porta-voz do governo israelita para a imprensa árabe disse que “foi completada a segunda fase do acordo que conduziu à libertação de Shalit. Os prisioneiros libertados pertenciam todos a organizações terroristas palestinianas. Se voltarem a recorrer à violência, serão responsabilizados”.

No termos do acordo concluído com o Hamas e mediado pelo Egito, Israel tinha já libertado 477 detidos a 18 de Outubro, na mesma data em que o movimento palestiniano libertou o soldado hebraico Gilad Shalit, detido durante mais de cinco anos na Faixa de Gaza.