Última hora

Última hora

Depois do reconhecimento da UNESCO a Palestina contínua a "renascer"

Em leitura:

Depois do reconhecimento da UNESCO a Palestina contínua a "renascer"

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de no passado dia 13 de Dezembro a Palestina ter hasteado em Paris a sua bandeira como prova do reconhecimento da UNESCO o país avança para uma restauração interna.

É o caso da igreja da Natividade, em Belém, que precisa urgentemente de restauro, sobretudo o teto, que está a colocar em risco os visitantes.

Mais de 2 milhões no ano passado.

O ex-líbris do lugar é uma estrela de 14 pontas que segundo a tradição assinala o lugar exato onde Jesus nasceu.

Já em 2008 a igreja, construída no ano 327 antes de Cristo, foi colocada na lista dos 100 locais mais em risco, pelo Fundo Mundial de Monumentos que se dedica a proteger os legados históricos do mundo.