Última hora

Última hora

Egito: 13 mortos em 5 dias de conflitos

Em leitura:

Egito: 13 mortos em 5 dias de conflitos

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 13 mortos, mais de meio milhar de feridos e 164 pessoas detidas em cinco dias de confrontos entre manifestantes civis e forças de segurança, no centro do Cairo, no Egito.

Segundo a Ansa, a agência de notícias italiana, duas pessoas, uma delas uma criança, morreram esta noite na Praça Tahrir quando polícias e militares tentaram dispersar os manifestantes.

Segundo um médico egípcio, que não quis ser identificado, um jovem de 15 anos está em estado crítico depois de ter sido alvejado pelas forças de segurança, esta manhã, na Praça Tharir.

As agências de notícias internacionais relatam que militares e polícias abriram fogo sob os manifestantes e recorreram a gás lacrimogéneo.

O Secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki Moon, condenou já, o uso “excessivo” da força por parte dos agentes de segurança.

Os manifestantes exigem a saída imediata dos militares do poder, enquanto prossegue a segunda fase das legislativas. As primeiras eleições livres em décadas.