Última hora

Última hora

Síria: 30 mortos depois da chegada dos primeiros observadores à capital

Em leitura:

Síria: 30 mortos depois da chegada dos primeiros observadores à capital

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 30 pessoas morreram e mais de uma centena ficou ferida na sequência da explosão de 2 viaturas armadilhadas em frente ao edifício das forças de segurança, em Damasco, segundo um comunicado do governo sírio. A maioria são civis.

Os ataques ocorreram um dia após a chegada dos observadores da Liga Árabe ao pais. A equipa de 12 oficiais, liderada por Seif al-Yazal, veio confirmar se Bashar al-Assad está a cumprir ou não o plano para acabar com a violência. Espera-se que no final do mês sejam cerca de 150 oficiais.

A televisão estatal do país, esta manhã, informou que membros da Al-Qaeda estão a minar o edifício da Direção-Geral de Segurança e outras agências do Estado, na região de Kafr Sousa.

Mas para os ativistas da oposição os ataques vêm de dentro e são uma estratégia do governo para levar a Liga Árabe a acreditar na existência de terroristas no país.

De acordo com as Nações Unidas, desde o início dos protestos em Março deste ano, já morreram mais de 5 mil pessoas de ambos os lados