Última hora

Última hora

Raúl Castro anuncia amnistia em Cuba

Em leitura:

Raúl Castro anuncia amnistia em Cuba

Tamanho do texto Aa Aa

Raúl Castro prepara uma amnistia sem precedentes que pode atingir mais de 2900 pessoas, encarceradas nas prisões de Cuba.

O presidente falou detalhadamente dos prisioneiros abrangidos por esta amnistia.

Há 86 estrangeiros, provenientes de 25 países, que estão a cumprir penas, por crimes cometidos em território cubano. Destes, 13 são mulheres.

A notícia foi recebida com manifestações de emoção.

Raúl Castro anunciou a medida perante o parlamento, referindo que alguns destes condenados cometeram crimes contra a segurança do Estado.

Mas cumpriram metade da pena, por bom comportamento.

De fora desta medida de clemência fica o norte-americano Alan Gross, segundo fonte do Ministério da Justiça.

A prisão de Gross, de 62 anos de idade, continua a ser um problema, para a melhoria das relações entre Havana e Washington.

Castro anunciou ainda uma nova legislação que vem facilitar a saída de cidadãos cubanos para o estrangeiro. Viajar a partir de Cuba vai ser mais fácil – promessa de presidente.

“Reafirmo a minha vontade intangível de introduzir lentamente mudanças, nesta problemática complexa”, disse Raúl Castro.