Última hora

Última hora

Nigéria: Dia de Natal ensombrado por atentados

Em leitura:

Nigéria: Dia de Natal ensombrado por atentados

Tamanho do texto Aa Aa

Na Nigéria, o dia de Natal converteu-se numa verdadeira jornada sangrenta. O grupo islamita radical Boko Haram reivindicou a autoria dos atentados a várias igrejas, este domingo.

O dia começou com uma explosão em Madalla, perto da capital nigeriana, numa altura em que se realizava uma missa de Natal. Resultado: perto de três dezenas de mortos, mas o balanço pode vir a agravar-se nas próximas horas.

Um responsável dos serviços de emergência disse que as autoridades estavam a tentar lidar com um número grande de feridos, pelo menos meia centena, mas que não havia ambulâncias suficientes para tantas pessoas.

Na cidade de Jos, uma localidade na “fronteira” entre norte e sul, onde são frequentes confrontos, registou-se um outro ataque à bomba. Há pelo menos um polícia morto.

O dia continuou com explosões no norte, em Gadaka e na cidade de Damaturu.

O Vaticano classificou estes ataques como atos “absurdos”, que demonstram um “ódio cego, que não tem respeito algum pela vida.”

Este ano o grupo radical foi responsável por pelo menos 491 mortes em vários ataques em toda a Nigéria.