Última hora

Última hora

Segurança Social francesa vai processar Mas

Em leitura:

Segurança Social francesa vai processar Mas

Tamanho do texto Aa Aa

A Segurança Social francesa vai processar o homem responsável pela produção dos implantes mamários PIP.

Jean-Claude Mas, de 72 anos, está em parte incerta e é também procurado pela Interpol, por um outro caso relacionado com condução em estado de embriaguez na Costa Rica.

Mas fundou a PIP, marca entretanto extinta, que produziu próteses mamárias associadas a casos de cancro.

O cirurgião plástico Patrick Baraf afirma que conheceu Mas numa convenção e que ele lhe disse que os implantes que usava eram lixo e que deveria usar os seus. Diz que ele foi agressivo e que estava preparado para qualquer coisa para conseguir uma grande quota de mercado. Acrescenta que fazia “Dumping”, ou seja vendia os produtos a preços com os quais era impossível competir.

O Ministério da Saúde francês recomendou a remoção das próteses, numa medida que abrange cerca de 30 mil mulheres que podem solicitar a intervenção gratuitamente. Mas 90 por cento da produção da PIP destinava-se à América do Sul e à Europa de Leste, estimando-se a sua utilização em mais de 300 mil implantes.