Última hora

Última hora

Rússia: líder opositor novamente condenado a 10 dias de prisão

Em leitura:

Rússia: líder opositor novamente condenado a 10 dias de prisão

Tamanho do texto Aa Aa

O ativista da oposição russa Serguei Udaltsov foi novamente condenado a 10 dias de prisão, no dia em que devia ter sido libertado.

O tribunal de Moscovo ditou a sentença contra o líder do movimento Frente de Esquerda por não ter cumprido na íntegra uma pena anterior datada do mês de Outubro.

Na época, Udaltsov tinha sido hospitalizado devido a uma greve de fome, não tendo voltado ao local da detenção.

O opositor foi novamente hospitalizado na semana passada. A mulher de Udaltsov explica que “ele está bastante doente. [Este domingo] não comeu nem bebeu nada. Desde que saiu do hospital, não foi alimentado. Mesmo os médicos dizem que ele se encontra num estado grave”.

Udaltsov tinha sido detido pela última vez a 4 de Dezembro, durante uma manifestação, proibida pelas autoridades, para contestar os resultados das legislativas vencidas pelo partido do primeiro-ministro Vladimir Putin.

É a oitava vez, desde o início do ano, que o opositor é condenado.

O Kremlin enfrenta desde as legislativas do início do mês uma vaga de contestação em grande escala. Este sábado, dezenas de milhares de russos protestaram em Moscovo contra o poder, na maior manifestação da oposição dos últimos 12 anos.