Última hora

Última hora

Insurgentes sírios chamam a atenção dos observadores da Liga Árabe

Em leitura:

Insurgentes sírios chamam a atenção dos observadores da Liga Árabe

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhares de manifestantes em Homs, e também em Damasco, organizaram gigantescos apelos, no dia em que uma missão de observadores árabes chegou à Síria.

Esta chegada mudou o cenário, pelo menos temporariamente. Os tanques abandonaram o bairro de Baba Amro, o mais conturbado de Homs, o epicentro da insurgência síria, onde os confrontos se sucedem diariamente. Só nesta segunda-feira, os intensos tiroteios resultaram na morte de mais de 30 civis.

A missão dos membros da Liga Árabe é tentar encontrar uma saída para o violento impasse em que o país mergulhou desde Março, quando a revolta organizada começou.

Os objetivos dos observadores são ambiciosos: pretendem pedir ao regime de Bashar al-Assad que cesse a repressão militar, que liberte os presos políticos e que permita a livre circulação de jornalistas.

Mas a Liga Árabe quer também uma intervenção mais abrangente, por parte da ONU. No entanto, os membros do Conselho de Segurança têm rejeitado um projeto de resolução da autoria da Rússia, por considerarem ser complacente para com o regime sírio.