Última hora

Última hora

Israel: Presidente apela a manifestar contra judeus integristas

Em leitura:

Israel: Presidente apela a manifestar contra judeus integristas

Tamanho do texto Aa Aa

A luta contra o extremismo religioso deve mobilizar milhares de israelitas esta terça-feira. A cidade de Beit Shemesh tem estado no centro da atualidade devido à segregação imposta às mulheres por uma comunidade de judeus integristas. A localidade nos arredores de Jerusalém vai ser hoje palco de um protesto contra as práticas dos religiosos ultraortodoxos.

O governo de Netanyahu condenou as práticas extremistas e o presidente Shimon Peres apelou à mobilização popular: “A nação inteira tem hoje um teste pela frente, não é só a polícia. Todos nós, religiosos, seculares, conservadores, todos nós temos de nos unir para defender a imagem de Israel.”

Desde que foi difundida na sexta-feira uma reportagem sobre Naama Margolese, de 8 anos, que a tensão é elevada em Beit Shemesh. Os judeus integristas têm atacado jornalistas, polícias e empregados camarários que tentam retirar cartazes que ordenam a segregação em vários locais.